Furto de dados em perfil falso: imagem de marca danificada

Baseado em um caso real

A gerente de Marketing Ingrid não pensava que um perfil falso do banco no Facebook enviado por um veículo de comunicação causaria tantos problemas. Achava que aquele seria apenas mais um caso entre tantos usos de marca que o banco sofre sem prejuízos muito aparentes.

Mas, alguns dias depois, o setor de Segurança da Informação a acionou para que tratasse a página o quanto antes: esse perfil falso estava veiculando um phishing, página falsa que capturava dados de clientes do banco. Muitos estornos e chargeback já estavam acontecendo!

Ela fez o tratamento da página, porém as notícias continuavam a aparecer. Além dos prejuízos financeiros, também a marca do banco ficou danificada diante dos consumidores.

Esse é um problema real e milhares de perfis falsos que personificam marcas surgem nas redes sociais todos os dias, em meio à jornada dos consumidores. Só o Facebook removeu 5,4 bilhões de contas de janeiro a setembro de 2019 – e esse número só cresce.

Essa não precisa ser a experiência do seu consumidor, nem o prejuízo da sua empresa.

Fale com um especialista